22 de nov de 2013

Nicolau Maquiavel livro em PDF

Nicolau Maquiavel livro em PDF


Biografia, obras, frases, idéias defendidas, vida política, teorias sobre o poder, sociologia
Nicolau Maquiavel: um dos grandes teóricos do Renascimento
IntroduçãoNicolau Maquiavel foi um importante historiador, diplomata, filósofo, estadista e político italiano da época do Renascimento. Nasceu na cidade italiana de Florença em 3 de maio de 1469 e morreu, na mesma cidade, em 21 de junho de 1527.

Vida e obras 
Filho de pais pobres, Maquiavel desde cedo se interessou pelos estudos. Aos sete anos de idade começou a aprender latim. Logo depois passou a estudar ábaco e língua grega antiga.
Aos 29 anos de idade, ingressou na vida política, exercendo o cargo de secretário da Segunda Chancelaria da República de Florença. Porém, com a restauração da família Médici ao poder, Maquiavel foi afastado da vida pública. Nesta época, passou a dedicar seu tempo e conhecimentos para a produção de obras de análise política e social.
Em 1513, escreveu sua obra mais importante e famosa “O Príncipe”. Nesta obra, Maquiavel aconselha os governantes como governar e manter o poder absoluto, mesmo que tenha que usar a força militar e fazer inimigos. Esta obra, que tentava resgatar o sentimento cívico do povo italiano, situava-se dentro do contexto do ideal de unificação italiana. 
Entre os anos de 1517 e 1520, escreveu “A arte da guerra”, um dos livros menos lidos do autor. 
Em 1520, Maquiavel foi indicado como o principal historiador de Florença.
Nos “Discursos sobre a primeira década de Tito Lívio”, de 1513 a 1521, Maquiavel defende a forma de governo republicana com uma constituiçãomista, de acordo com o modelo da República de Roma Antiga. Defende também a necessidade de uma cultura política sem corrupção, pautada por princípios morais e éticos.
O termo “maquiavélico”
Em função das idéias defendidas no livro “O Príncipe”, o termo “maquiavélico” passou a ser usado para aquelas pessoas que praticam atos desleais (até mesmo violentos) para obter vantagens, manipulando as pessoas. Este termo é injustamento atribuído a Maquiavel, pois este sempre defendeu a ética na política.
Frases de Maquiavel

- "Os homens ofendem mais aos que amam do que aos que temem." 
- "O desejo de conquista é algo natural e comum; aqueles que obtêm sucesso na conquista são sempre louvados, e jamais censurados; os que não têm condições de conquistar, mas querem fazê-lo a qualquer custo, cometem um erro que merece ser recriminado." 
- "Nada faz o homem morrer tão contente quanto o recordar-se de que nunca ofendeu ninguém, mas, antes, ajudou a todos." 
- "Quem do prazer se priva e vive entre tormentos e fadigas, do mundo não conhece os enganos." 
- "Todos os profetas armados venceram, e os desarmados foram destruídos." 
- "A ambição é uma paixão tão forte no coração do ser humano, que, mesmo que galguemos as mais altas posições, nunca nos sentimos satisfeitos." 
- "Os homens quando não são forçados a lutar por necessidade, lutam por ambição." 
- "O homem que tenta ser bondoso todo tempo está fadado à ruína entre os inúmeros outros que não são bons." 
- "O homem esquece de forma mais fácil a morte do pai do que a perda do patrimônio". 

- "Na política, os aliados atuais são os inimigos de amanhã." 


Marcadores:

7 de jan de 2011

SÃO CIPRIANO,LIVRO ONLINE

O PODEROSO LIVRO DE SÃO CIPRIANO

Os tesouros do feiticeiro com as suas magias, esconjuros, artes de advinhação, presságios, orações e preces para todas as circunstâncias
São Cipriano é uma das figuras mais polémicas do imaginário popular. Santificado por uns, é acusado por outros de ter vendido a sua alma ao diabo. Segundo as brumas da lenda, ter-se à versado na magia negra, arma do diabo, para o conseguir ludibriar. Daí ser hoje considerado o maior santo protector contra a magia negra.
Na realidade, nascido em Cartago em 200 d.C, S. Cipriano viria a tornar-se bispo dessa cidade. Entrando em conflito com o cristianismo oficial (apesar do Império romano ainda não ter adoptado o cristianismo como religião oficial, deixou de haver perseguições a partir de 251 d.C, tendo-se instituído o Papado), foi acusado de heresia (aliás, já nessa altura eram muitas as ‘heresias’ que foram vítimas da perseguição católica), tendo sido executado.
A polémica em torno de S. Cipriano deve-se também ao facto de, muitas vezes, ter prosseguido uma vida relativamente mundana, sem obedecer aos rigores monásticos.

Contudo, O Livro de S. Cipriano continua a ser um verdadeiro best-seller; se a sua autenticidade nunca foi totalmente confirmada, também nunca foi desmentida. Fica o exemplo de um homem que arriscou a própria vida para evitar que o Diabo continuasse a prejudicar a humanidade.

Marcadores:

4 de abr de 2010

LIVRO PARA BAIXAR/1.000 livros para download

Agradecimentos AO Nosso amigo Alessandro Martins Que nsa proporcionou Esse Acervo amigo valeu Fantástico.
Quer ver mais visite ARTIGOS interessantes: Livros e afins

  1. A Divina Comédia -Dante Alighieri
  2. A Comédia dos Erros Shakespeare, William
  3. Poemas de Fernando Pessoa Fernando Pessoa-
  4. Dom Casmurro -Machado de Assis
  5. Cancioneiro Fernando Pessoa-
  6. Julieta Romeu e Shakespeare, William
  7. A Cartomante -Machado de Assis
  8. Mensagem Fernando Pessoa-
  9. A Carteira -Machado de Assis
  10. A Megera Domada Shakespeare, William
  11. A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca Shakespeare, William
  12. Sonho de Uma Noite de Verão Shakespeare, William
  13. O Eu Profundo E Os Outros Eus. Fernando Pessoa-
  14. Dom Casmurro -Machado de Assis
  15. Do Livro do Desassossego Fernando Pessoa-
  16. Poesias inéditas Fernando Pessoa-
  17. Bem Tudo Bem Termina QUANDO Shakespeare, William
  18. A Carta -Pero Vaz de Caminha
  19. A Igreja do Diabo -Machado de Assis
  20. Macbeth Shakespeare, William
  21. Este Mundo da injustiça globalizada José Saramago-
  22. A Tempestade Shakespeare, William
  23. O pastor amoroso Fernando Pessoa-
  24. A Cidade e Serras como -José Maria Eça de Queirós
  25. Livro do Desassossego Fernando Pessoa-
  26. A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha
  27. O Guardador de rebanhos Fernando Pessoa-
  28. O Mercador de Veneza Shakespeare, William
  29. A Esfinge sem Segredo Oscar Wilde-
  30. Trabalhos de Amor Perdidos Shakespeare, William
  31. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
  32. A Mão e uma Luva -Machado de Assis
  33. Arte Poética -Aristóteles
  34. Conto de Inverno Shakespeare, William
  35. Otelo, O Mouro de Veneza Shakespeare, William
  36. Antônio e Cleópatra Shakespeare, William
  37. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
  38. A Metamorfose -Franz Kafka
  39. A Cartomante -Machado de Assis
  40. Rei Lear Shakespeare, William
  41. A Causa Secreta -Machado de Assis
  42. Poemas Traduzidos Fernando Pessoa-
  43. Muito Barulho Por Nada Shakespeare, William
  44. Júlio César Shakespeare, William
  45. Auto da Barca do Inferno Gil Vicente-
  46. Poemas de Álvaro de Campos Fernando Pessoa-
  47. Cancioneiro Fernando Pessoa-
  48. Catálogo de Autores Brasileiros com uma Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional
  49. A Ela -Machado de Assis
  50. O banqueiro Anarquista Fernando Pessoa-
  51. Dom Casmurro -Machado de Assis
  52. A Dama das Camélias Alexandre Dumas, Filho
  53. Poemas de Álvaro de Campos Fernando Pessoa-
  54. Adão e Eva -Machado de Assis
  55. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
  56. A Chinela Turca -Machado de Assis
  57. Como Alegres Senhoras de Windsor Shakespeare, William
  58. Poemas selecionados Florbela Espanca-
  59. Como Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo
  60. Iracema -José de Alencar
  61. A Mão e uma Luva -Machado de Assis
  62. Ricardo III Shakespeare, William
  63. O Alienista -Machado de Assis
  64. Poemas Inconjuntos Fernando Pessoa-
  65. A Volta ao Mundo em 80 Dias Júlio Verne,
  66. A Carteira -Machado de Assis
  67. Primeiro Fausto Fernando Pessoa-
  68. Senhora -José de Alencar
  69. A Escrava Isaura Guimarães-Bernardo
  70. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
  71. A Mensageira das Violetas Florbela Espanca-
  72. Sonetos -Luís Vaz de Camões
  73. Eu e Outras Poesias Augusto dos Anjos
  74. Fausto -Johann Wolfgang von Goethe
  75. Iracema -José de Alencar
  76. Poemas de Ricardo Reis Fernando Pessoa-
  77. Os Maias -José Maria Eça de Queirós
  78. O Guarani -José de Alencar
  79. A Mulher de Preto -Machado de Assis
  80. A Desobediência Civil -Henry David Thoreau
  81. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
  82. A Pianista -Machado de Assis
  83. em Portuguese Poemas Fernando Pessoa-
  84. A Igreja do Diabo -Machado de Assis
  85. A Herança -Machado de Assis
  86. A chave -Machado de Assis
  87. Eu Augusto dos Anjos
  88. Como Primaveras -Casimiro de Abreu
  89. A Desejada das Gentes -Machado de Assis
  90. Poemas de Ricardo Reis Fernando Pessoa-
  91. Quincas Borba -Machado de Assis
  92. A Segunda Vida -Machado de Assis
  93. Os Sertões -Euclides da Cunha
  94. Poemas de Álvaro de Campos Fernando Pessoa-
  95. O Alienista -Machado de Assis
  96. Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra
  97. Medida Medida Por Shakespeare, William
  98. Os Dois Cavalheiros de Verona Shakespeare, William
  99. A Alma do Lázaro -José de Alencar
  100. A Vida Eterna -Machado de Assis
  101. A Causa Secreta -Machado de Assis
  102. 14 de Julho na Roça Raul Pompéia,
  103. Divina Comedia -Dante Alighieri
  104. O Crime do Padre Amaro -José Maria de Eça de Queirós
  105. Coriolano Shakespeare, William
  106. Astúcias de Marido -Machado de Assis
  107. Senhora -José de Alencar
  108. Auto da Barca do Inferno Gil Vicente-
  109. Noite Taverna de NA -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  110. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
  111. A "Não-me-toques"! Azevedo, Artur
  112. Os Maias -José Maria de Eça de Queirós
  113. Obras Seletas -Rui Barbosa
  114. A Mão e uma Luva -Machado de Assis
  115. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
  116. Aurora sem Dia -Machado de Assis
  117. Édipo-Rei -Sófocles
  118. O Abolicionismo Joaquim Nabuco,
  119. Pai Contra Mãe -Machado de Assis
  120. O Cortiço -Aluísio de Azevedo
  121. Tito Andronico Shakespeare, William
  122. Adão e Eva -Machado de Assis
  123. Os Sertões -Euclides da Cunha
  124. Esaú e Jacó -Machado de Assis
  125. Don Quixote -Miguel de Cervantes
  126. Camões Joaquim Nabuco,
  127. Antes Que casos -Machado de Assis
  128. A Melhor das Noivas -Machado de Assis
  129. Livro de Mágoas Florbela Espanca-
  130. O Cortiço -Aluísio de Azevedo
  131. A reliquia -José Maria Eça de Queirós
  132. Helena -Machado de Assis
  133. Contos -José Maria Eça de Queirós
  134. A Sereníssima República -Machado de Assis
  135. Iliada -Homero
  136. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
  137. A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco
  138. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
  139. Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage
  140. Ficções do Interlúdio: Além do Pará Outro oceano de Coelho Pacheco. Fernando Pessoa-
  141. Anedota Pecuniária -Machado de Assis
  142. A Carne -Júlio Ribeiro
  143. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
  144. Don Quijote -Miguel de Cervantes
  145. Uma Volta ao Mundo em Oitenta Dias Júlio Verne,
  146. A Semana -Machado de Assis
  147. A Viúva Sobral -Machado de Assis
  148. A Princesa de Babilônia -Voltaire
  149. O Navio Negreiro Alves-Antônio Frederico de Castro
  150. Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional Fundação Biblioteca Nacional,
  151. Papéis Avulsos -Machado de Assis
  152. Eterna Mágoa Augusto dos Anjos
  153. Cartas D'Amor -José Maria Eça de Queirós
  154. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós
  155. Anedota do Cabriolet -Machado de Assis
  156. Canção do Exílio Antônio Gonçalves Dias-
  157. A Desejada das Gentes -Machado de Assis
  158. A Dama das Camélias Alexandre Dumas, Filho
  159. Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra
  160. Almas Agradecidas -Machado de Assis
  161. Cartas D'Amor - O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós
  162. Contos Fluminenses -Machado de Assis
  163. Odisséia -Homero
  164. Quincas Borba -Machado de Assis
  165. A Mulher de Preto -Machado de Assis
  166. Balas de Estalo -Machado de Assis
  167. A Senhora do Galvão -Machado de Assis
  168. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
  169. A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis
  170. Capítulos de História Colonial de (1500-1800) -João Capistrano de Abreu
  171. Charneca EM FLOR Florbela Espanca-
  172. Cinco Minutos -José de Alencar
  173. Memórias de Sargento de Milícias UM -Manuel Antônio de Almeida
  174. Lucíola -José de Alencar
  175. A Azul parasita -Machado de Assis
  176. A Viuvinha -José de Alencar
  177. Utopia -Thomas Morus
  178. Missa do Galo -Machado de Assis
  179. Espumas Flutuantes Alves-Antônio Frederico de Castro
  180. História da Literatura Brasileira: Fatores Literatura Brasileira da Romero, Sílvio
  181. Aldeia Shakespeare, William
  182. A Ama-Seca Azevedo, Artur
  183. O Espelho -Machado de Assis
  184. Helena -Machado de Assis
  185. Como Academias de Sião -Machado de Assis
  186. A Carne -Júlio Ribeiro
  187. A Ilustre Casa de Ramires -José Maria Eça de Queirós
  188. Como e Por Que Sou Romancista -José de Alencar
  189. Antes da Missa -Machado de Assis
  190. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
  191. A Carta -Pero Vaz de Caminha
  192. Livro de Soror SAUDADE Florbela Espanca-
  193. A mulher pálida -Machado de Assis
  194. Americanas -Machado de Assis
  195. Cândido -Voltaire
  196. Viagens de Gulliver -Jonathan Swift
  197. El Arte de la Guerra -Sun Tzu
  198. Conto de Escola -Machado de Assis
  199. Redondilhas -Luís Vaz de Camões
  200. Iluminuras -Arthur Rimbaud
  201. Schopenhauer -Thomas Mann
  202. Carolina -Casimiro de Abreu
  203. A esfinge sem Segredo Oscar Wilde-
  204. Carta de Pero Vaz de Caminha. -Pero Vaz de Caminha
  205. Memorial de Aires -Machado de Assis
  206. Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
  207. A Receita ÚLTIMA -Machado de Assis
  208. 7 Canções Salomão Rovedo-
  209. Antologia -Antero de Quental
  210. O Alienista -Machado de Assis
  211. Outras Poesias de Augusto dos Anjos,
  212. Alma Inquieta Olavo Bilac-
  213. A Dança dos Ossos Guimarães-Bernardo
  214. A Semana -Machado de Assis
  215. Diário Íntimo -Afonso Henriques de Lima Barreto
  216. A Casadinha de Fresco Azevedo, Artur
  217. Esaú e Jacó -Machado de Assis
  218. Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões
  219. História da Literatura Brasileira -José Veríssimo Dias de Matos
  220. A mágoa do Infeliz Cosme -Machado de Assis
  221. Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos
  222. Contos de Lima Barreto -Afonso Henriques de Lima Barreto
  223. Farsa de Inês Pereira Gil Vicente-
  224. A Condessa Vésper -Aluísio de Azevedo
  225. Confissões de Uma Viúva -Machado de Assis
  226. Como Bodas de Luís Duarte -Machado de Assis
  227. LIVRO O D'ELE Florbela Espanca-
  228. O Navio Negreiro Alves-Antônio Frederico de Castro
  229. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
  230. Lira dos Vinte Anos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  231. A Orgia dos Duendes Guimarães-Bernardo
  232. Kamasutra Vatsyayana-Mallanaga
  233. Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
  234. A Bela Madame Vargas -João do Rio
  235. Uma Estação no Inferno -Arthur Rimbaud
  236. Cinco Mulheres -Machado de Assis
  237. A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro
  238. O Cortiço -Aluísio Azevedo
  239. Restos Florbela Espanca-
  240. Minha Formação Joaquim Nabuco,
  241. A Conselho do Marido Azevedo, Artur
  242. Auto da Alma Gil Vicente-
  243. 345 De Azevedo, Artur
  244. O Dicionário -Machado de Assis
  245. Contos Gauchescos -João Simões Lopes Neto
  246. A idéia do Ezequiel Maia -Machado de Assis
  247. AMOR COM AMOR SE Paga Júnior França
  248. Cinco minutos -José de Alencar
  249. Lucíola -José de Alencar
  250. Aos Vinte Anos -Aluísio de Azevedo
  251. A Poesia Interminável -João da Cruz e Sousa
  252. A Revolução da Alegria -Ken Knab
  253. O Ateneu Raul Pompéia,
  254. O Homem Que Sabia Javanês e Outros Contos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  255. Ayres e Vergueiro -Machado de Assis
  256. A Campanha Abolicionista Carlos, José do Patrocínio
  257. Noite de Almirante -Machado de Assis
  258. O Sertanejo -José de Alencar
  259. A Conquista -Coelho Neto
  260. Casa Velha -Machado de Assis
  261. O Enfermeiro -Machado de Assis
  262. O Livro de Cesário Verde Cesário Verde-José Joaquim
  263. Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo
  264. A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
  265. Poemas Safo-
  266. A Viuvinha -José de Alencar
  267. Coisas Que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco
  268. Contos Velhos n. Olavo Bilac-
  269. Ulysses -James Joyce
  270. 13 Oktobro 1582 -Luiz Ferreira Portella Filho
  271. Cícero -Plutarco
  272. Espumas Flutuantes Alves-Antônio Frederico de Castro
  273. Confissões de Uma Viúva Moça -Machado de Assis
  274. No Rio não Religiões -João do Rio
  275. Várias Histórias -Machado de Assis
  276. A Arrábida Vania Ribas Ulbricht-
  277. Bons Dias -Machado de Assis
  278. O Elixir da Longa Vida -Honoré de Balzac
  279. A Capital Federal Azevedo, Artur
  280. A Escrava Isaura Guimarães-Bernardo
  281. Como Caudinas Forças -Machado de Assis
  282. Coração, Cabeça e Estômago -Camilo Castelo Branco
  283. Balas de Estalo -Machado de Assis
  284. AS VIAGENS Olavo Bilac-
  285. Antigonas -Sófocles
  286. A Dívida Azevedo, Artur
  287. Sermão da Sexagésima -Pe. Antônio Vieira
  288. Uns Braços -Machado de Assis
  289. Ubirajara -José de Alencar
  290. Poética -Aristóteles
  291. Bom Crioulo Adolfo Ferreira Caminha-
  292. A Cruz Mutilada Vania Ribas Ulbricht-
  293. Antes da Rocha Tapéia -Machado de Assis
  294. Poemas irônicos, Venenosos e Sarcásticos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  295. Histórias da Meia-Noite -Machado de Assis
  296. Via Láctea- Olavo Bilac-
  297. O Mulato -Aluísio de Azevedo
  298. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
  299. Os Escravos Alves-Antônio Frederico de Castro
  300. A Pata da Gazela -José de Alencar
  301. BRAS, Bexiga E Barra Funda Machado-Alcântara
  302. Vozes d'África Alves-Antônio Frederico de Castro
  303. Memórias de Sargento de Milícias UM -Manuel Antônio de Almeida
  304. O Que É o Casamento? -José de Alencar
  305. A Harpa do Crente Vania Ribas Ulbricht-
  306. A Casa Fechada -Roberto Gomes Ribeiro
  307. Como Asas de Anjo UM (Comédia) -José de Alencar
  308. Béatrix -Honoré de Balzac
  309. Diva -José de Alencar
  310. A Melhor Amiga Azevedo, Artur
  311. A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro
  312. CONTOS Avulsos Machado-Alcântara
  313. Poemas humorísticos e irônicos -João da Cruz e Sousa
  314. Cantiga de Esponsais -Machado de Assis
  315. Quincas Borba -Machado de Assis
  316. Brincar com fogo -Machado de Assis
  317. Helena -Machado de Assis
  318. Dentro da Noite -João do Rio
  319. O Livro da Lei Aleister Crowley-
  320. Caramuru: poema épico do Descobrimento da Bahia -José de Santa Rita Durão
  321. Conto de Escola -Machado de Assis
  322. Memórias de Sargento de Milícias UM -Manuel Antônio de Almeida
  323. Poemas Malditos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  324. Ao Entardecer (contos Vários) Visconde de Taunay,
  325. Felicidade Pelo Casamento -Machado de Assis
  326. Noite Taverna de NA -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  327. Cartas Chilenas -Tomáz Antônio Gonzaga
  328. O Mulato -Aluísio de Azevedo
  329. Farsa do Velho da Horta Gil Vicente-
  330. Amor com Amor se Paga -Joaquim José da França Júnior
  331. Andar a Pé Henry-David Thoreau
  332. Arras Por Foro de Espanha (1371-1372) Vania Ribas Ulbricht-
  333. 20,000 Leagues Under the Sea -Jules Verne
  334. Mãe -José de Alencar
  335. Contos Fluminenses -Machado de Assis
  336. Amedeide: Eroico poema Chiabrera-Gabriello
  337. Caso da Vara -Machado de Assis
  338. Poemas -Alphonsus de Guimarães
  339. O Mundo Como This -Voltaire
  340. Elogio da Vaidade -Machado de Assis
  341. Decadencia de Dois Grandes Homens -Machado de Assis
  342. Um Homem Celebre -Machado de Assis
  343. A Marquesa de Santos Setúbal, Paulo
  344. Memorial de Aires -Machado de Assis
  345. Como Pupilas do Senhor Reitor Dinis, Júlio
  346. Conto Alexandrino -Machado de Assis
  347. A Almanjarra Azevedo, Artur
  348. Poesias dispersas -Machado de Assis
  349. Ser Infeliz -Franz Kafka
  350. Teoria do Medalhão -Machado de Assis
  351. Lendas e Narrativas (Tomo I) Vania Ribas Ulbricht-
  352. Viver! -Machado de Assis
  353. Sonetos -Luís Vaz de Camões
  354. A normalista Adolfo Ferreira Caminha-
  355. Crônicas -Afonso Henriques de Lima Barreto
  356. O Velho da Horta Gil Vicente-
  357. Divina Commedia di Dante -Dante Alighieri
  358. Carolina -Casimiro de Abreu
  359. Auto da Índia Gil Vicente-
  360. A Melhor Vingança Azevedo, Artur
  361. O Ingênuo -Voltaire
  362. A Pata da Gazela -José de Alencar
  363. O Demonio Familiar -José de Alencar
  364. Iaiá Garcia -Machado de Assis
  365. Camões Joaquim Nabuco,
  366. Cultura e Opulência do Brasil Por SUAS Drogas e Minas -Pe. André João Antonil
  367. O Mistério da Estrada de Sintra -José Maria Eça de Queirós
  368. Filosofia hum par de botas de -Machado de Assis
  369. O Gaúcho -José de Alencar
  370. Discurso Sobre a História da Literatura do Brasil-Manifesto Publicado NA Revista Nictheroy em 1836 -Machado de Assis
  371. Histórias e Tradições da Província de Minas Gerais Guimarães-Bernardo
  372. Tu, tão tu, puro amor -Machado de Assis
  373. Vida Urbana -Afonso Henriques de Lima Barreto
  374. Caramuru -José de Santa Rita Durão
  375. Como Cartas de Amabed -Voltaire
  376. Papéis Avulsos -Machado de Assis
  377. À Margem da História -Euclides da Cunha
  378. Uma Lágrima de Mulher -Aluísio de Azevedo
  379. Clara dos Anjos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  380. Aforismi, Novelle e profezie -Leonardo da Vinci
  381. Crisálidas -Machado de Assis
  382. Críticas Teatrais -Machado de Assis
  383. Mariana -Machado de Assis
  384. O Misterioso caso de Styles Agatha Christie-
  385. As Farpas (Fevereiro a maio 1878) -José Maria Eça de Queirós
  386. Correspondência de Machado de Assis -Machado de Assis
  387. O Mandarim -José Maria Eça de Queirós
  388. Cantigas de Santa Maria-I -Alfonso X, el Sabio
  389. O Moço Loiro -Joaquim Manuel de Macedo
  390. Em busca dos contos perdidos -Mariza B. T. Mendes
  391. Vênus! Vênus divina! -Machado de Assis
  392. O Ateneu Raul Pompéia,
  393. Eterno! -Machado de Assis
  394. Poesias Coligidas Alves-Antônio Frederico de Castro
  395. Encarnação -José de Alencar
  396. Algunos Poemas um Lesbia -Caio Valério Catulo
  397. Capítulo dos Chapéus -Machado de Assis
  398. O Caçador de Esmeraldas Olavo Bilac-
  399. A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
  400. O SEMINARISTA Guimarães, Bernado
  401. Ao Correr da Pena -José de Alencar
  402. A Retirada da Laguna Visconde de Taunay,
  403. Noite Taverna de NA -Alvarez Azevedo
  404. Deus Vania Ribas Ulbricht-
  405. Quinhentos Contos -Machado de Assis
  406. Carmina -Caio Valério Catulo
  407. Os Sertões -Euclides da Cunha
  408. Diva -José de Alencar
  409. Histórias e Sonhos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  410. O corpo feminino em debate -Maria Izilda Santos de Matos
  411. Madame Bovary Gustave Flaubert-
  412. Fernando e Fernanda -Machado de Assis
  413. Zadig ou O Destino -Voltaire
  414. Maximas, Pensamentos e Reflexões -Marquês de Maricá
  415. Momento Literário -João do Rio
  416. Poemas -Cláudio Manuel da Costa (Glauceste Saturnio)
  417. Poesias colegiais Alves-Antônio Frederico de Castro
  418. História do Futuro, vol. Eu -Pe. Antônio Vieira
  419. A Margem José Leon Machado,
  420. ASTÚCIAS de namorada -M. Pinheiro Chagas
  421. Desencantos -Machado de Assis
  422. O Mulato -Aluísio Azevedo
  423. Metafísica das Rosas -Machado de Assis
  424. Tarde Olavo Bilac-
  425. O Uraguai -José Basílio da Gama
  426. A Doença do Fabrício Azevedo, Artur
  427. Lendas do Sul -João Simões Lopes Neto
  428. Cartas de Inglaterra -José Maria Eça de Queirós
  429. As Farpas Janeiro (1878) -José Maria Eça de Queirós
  430. A Aprender en las Haciendas -José Martí
  431. D. Benedita -Machado de Assis
  432. A reliquia -José Maria Eça de Queirós
  433. Pareceres de Machado de Assis -Machado de Assis
  434. Contrastes e confrontos -Euclides da Cunha
  435. A Carta de Mestre João Faras -Mestre João Faras
  436. O ANEDÓTICO BRASIL -Humberto de Campos
  437. Evolução -Machado de Assis
  438. A Moça Mais Bonita do Rio de Janeiro Azevedo, Artur
  439. Ondas e Outros Poemas esparsos -Euclides da Cunha
  440. Clara dos Anjos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  441. O Adversário Secreto Agatha Christie-
  442. O Dialeto CAIPIRA Amadeu Amaral-
  443. A Caixa Pearl Pastor, A
  444. Eurico, o Presbítero Vania Ribas Ulbricht-
  445. O Anel de Polícrates -Machado de Assis
  446. O Juiz de Paz da Roça -Luís Carlos Martins Pena
  447. A Pata da Gazela -José de Alencar
  448. Minha Formação Joaquim Nabuco,
  449. A normalista Adolfo Ferreira Caminha-
  450. Gargantua e Pantagruel, Complete. -Francois Rabelais
  451. Como Pupilas do Senhor Reitor Dinis, Júlio
  452. Conto A Dog's Mark Twain
  453. Uma Senhora -Machado de Assis
  454. 10.000 sonhos interpretados Miller Hindman-Gustavus
  455. Don Quixote -Miguel de Cervantes Saavedra
  456. Singularidades de Uma rapariga Loura -José Maria Eça de Queirós
  457. Las 7 Partidas -Alfonso X, el Sabio
  458. O Seminarista Guimarães-Bernardo
  459. A Tempestade Vania Ribas Ulbricht-
  460. Como solteiras Casadas -Luís Carlos Martins Pena
  461. A Falência -Júlia Lopes de Almeida
  462. Entre 1892 e 1894 -Machado de Assis
  463. A Morte do Lidador Vania Ribas Ulbricht-
  464. Camões: discurso pronunciado a 10 de junho de 1880 Por parte [sic] do Gabinete Português de Leitura Joaquim Nabuco,
  465. Memórias da Rua do Ouvidor -Joaquim Manoel de Macedo
  466. A Voz Vania Ribas Ulbricht-
  467. Capítulos de História Colonial -João Capistrano de Abreu
  468. À Margem da História -Euclides da Cunha
  469. O Homem dos Quarenta Escudos -Voltaire
  470. Camões: o poeta lírico: endereço em Vasar College de abril de 1909 Joaquim Nabuco,
  471. Poema da Virgem -Pe. José de Anchieta
  472. A Filosofia do Mendes Azevedo, Artur
  473. Profissão DE FÉ Olavo Bilac-
  474. Wuthering Heights Emily Brontë,
  475. Como Mulheres de Mantilha -Joaquim Manuel de Macedo
  476. Último Capítulo -Machado de Assis
  477. D. Paula -Machado de Assis
  478. O Noviço -Luís Carlos Martins Pena
  479. Inocência Visconde de Taunay,
  480. Marília de Dirceu -Tomáz Antônio Gonzaga
  481. Las profecias de Nostradamus Nostradamus-Michel
  482. Crimen y Castigo Fyodor Dostoyevsky-
  483. Auto da Alma Gil Vicente-
  484. A Christmas Carol -Charles Dickens
  485. Os Sonhos d'Ouro -José de Alencar
  486. O MONSTRO E OUTROS CONTOS -Humberto de Campos
  487. O anjo Rafael -Machado de Assis
  488. Marília de Dirceu -Tomáz Antônio Gonzaga
  489. Casada e Viúva -Machado de Assis
  490. Catálogo da Exposição comemorativa do Centenário IV -Fundação Biblioteca Nacional
  491. Lição de Botânica -Machado de Assis
  492. Crônica do Viver Baiano seiscentista - Os Homens Bons -Gregório de Matos
  493. Dispersão -Mário de Sá-Carneiro
  494. Romance de Uma Velha -Joaquim Manuel de Macedo
  495. Amante Liberal -Miguel de Cervantes
  496. Marcha fúnebre -Machado de Assis
  497. Casa, nao casa -Machado de Assis
  498. El Conde de Montecristo Alexandre Dumas-
  499. Ubirajara -José de Alencar
  500. Broquéis -João da Cruz e Sousa
  501. A Mortalha de Alzira -Aluísio de Azevedo
  502. História de Uma Lágrima -Machado de Assis
  503. O Homem Que Sabia Javanês -Afonso Henriques de Lima Barreto
  504. I-Juca Pirama- Antônio Gonçalves Dias-
  505. Curta história -Machado de Assis
  506. Histórias sem Data -Machado de Assis
  507. Como se inventaram OS almanaques -Machado de Assis
  508. Madame Bovary Gustave Flaubert-
  509. I-Juca Pirama- Antônio Gonçalves Dias-
  510. Papéis Velhos -Machado de Assis
  511. Crônicas de Londres -José Maria Eça de Queirós
  512. Ensaio sobre Histórico de Letras no Brasil -Francisco Adolfo de Varnhagen
  513. Poemas de Fagundes Varela -Luís Nicolau Fagundes Varela
  514. Os Dois Amores -Joaquim Manuel de Macedo
  515. Coisas Que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco
  516. O Livro de Uma Sogra -Aluísio de Azevedo
  517. Les Fleurs du Mal Charles Baudelaire
  518. Encarnação -José de Alencar
  519. O Cemitério dos Vivos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  520. Prosas Bárbaras -José Maria Eça de Queirós
  521. A SERPENTE DE BRONZE -Humberto de Campos
  522. O Navio Negreiro Alves-Antônio Frederico de Castro
  523. O Relógio de Ouro -Machado de Assis
  524. A Polêmica Azevedo, Artur
  525. Algunas Poesías -Johann Wolfgang von Goethe
  526. A Pele do Lobo Azevedo, Artur
  527. A Orgia dos Duendes Guimarães-Bernardo
  528. Los Miserables Hugo, Victor
  529. Contos Fora de Moda Azevedo, Artur
  530. O Bobo Vania Ribas Ulbricht-
  531. Auto da Feira Gil Vicente-
  532. O Cemitério dos Vivos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  533. Divina Commedia di Dante Inferno: -Dante Alighieri
  534. Os Brilhantes do Brasileiro -Camilo Castelo Branco
  535. La Ilíada -Homero
  536. Duas Juízas -Machado de Assis
  537. Os Bruzundangas -Afonso Henriques de Lima Barreto
  538. Les Miserables Hugo, Victor
  539. Caráter Ralph Waldo Emerson-
  540. Lira dos Vinte Anos -Alvarez Azevedo
  541. A Capital Federal Azevedo, Artur
  542. Uma Jóia Azevedo, Artur
  543. Diana -Machado de Assis
  544. Prólogos Interessantíssimos Vários autores,
  545. Micrômegas -Voltaire
  546. A Ritinha Azevedo, Artur
  547. Casa de Pensão -Aluísio Azevedo
  548. Longe dos Olhos -Machado de Assis
  549. O Rio de Janeiro em 1877 Azevedo, Artur
  550. Verso Reverso e -José de Alencar
  551. O Que É o Casamento? -José de Alencar
  552. Os Timbiras Antônio Gonçalves Dias-
  553. Fulano -Machado de Assis
  554. Esaú e Jacó -Machado de Assis
  555. Mateus e Mateusa -Qorpo Santo
  556. Germinal Zola, Émile
  557. Auto da Festa de São Lourenço -Pe. José de Anchieta
  558. Minha Formação Joaquim Nabuco,
  559. Casa Velha -Machado de Assis
  560. O Judas em Sábado de Aleluia -Luís Carlos Martins Pena
  561. Sonho de uma Noite de Verão Shakespeare, William
  562. Quem Casa, Quer Casa -Luís Carlos Martins Pena
  563. De Bello Gallico Júlio César,
  564. Contos -José Maria Eça de Queirós
  565. Cantiga velha -Machado de Assis
  566. Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo
  567. Filmer -H.G. Wells
  568. Poesia Litigiosa Alves-Antônio Frederico de Castro
  569. El Retrato de Dorian Gray Oscar Wilde-
  570. Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões
  571. Canto da Solidão Guimarães-Bernardo
  572. Poemas Escolhidos -Cláudio Manuel da Costa (Glauceste Saturnio)
  573. A Carne -Júlio Ribeiro
  574. Carta de hum Defunto Rico -Afonso Henriques de Lima Barreto
  575. Quem Faz Cama Boa ... -Machado de Assis
  576. Uma Praga Rogada NAS Escadarias da Forca -Camilo Castelo Branco
  577. Gato Negro Edgar Allan Poe-
  578. Crônica do Viver Baiano seiscentista - A Nossa Sé da Bahia -Gregório de Matos
  579. Anna Karenina -León Tolstoi Nikolaievitch
  580. Hoje Avental, Amanhã Luva -Machado de Assis
  581. Hamlet, príncipe da Dinamarca Shakespeare, William
  582. A Nova Califórnia -Afonso Henriques de Lima Barreto
  583. Linha Reta e Linha Curva -Machado de Assis
  584. Lágrimas de Xerxes -Machado de Assis
  585. As Farpas (Janeiro um Fevereiro 1873) -José Maria Eça de Queirós
  586. Alma Inquieta Olavo Bilac-
  587. D. Mônica -Machado de Assis
  588. Demônios -Aluísio Azevedo
  589. Poesías -Antonio Machado
  590. Suje-Se, Gordo! -Machado de Assis
  591. Abel e Helena Azevedo, Artur
  592. Dracula Bram Stoker-
  593. A Viuvinha -José de Alencar
  594. A Intrusa -Júlia Valentina da Silveira Lopes de Almeida
  595. ASSOMBRAMENTO Afonso Arinos,
  596. Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos
  597. Os Bruzundangas -Afonso Henriques de Lima Barreto
  598. Sun Tzu em A Arte da Guerra -Sun Tzu
  599. As Farpas (Junho a julho 1882) -José Maria Eça de Queirós
  600. A Marcelina Azevedo, Artur
  601. Aventuras de Robinson Crusoe Defoe, Daniel
  602. Segundos Cantos e Sextilhas de Frei Antão Antônio Gonçalves Dias-
  603. Lendas do Sul -João Simões Lopes Neto
  604. As Farpas Junho (1883) -José Maria Eça de Queirós
  605. O Empréstimo -Machado de Assis
  606. Cartas Familiares e Bilhetes de Paris -José Maria Eça de Queirós
  607. Viagens na Minha Terra -João Batista da Silva Leitão de Almeida Garret
  608. Inocência Visconde de Taunay,
  609. A Filha de Maria Angu Azevedo, Artur
  610. A Nota de Cem Mil-réis Azevedo, Artur
  611. HOJE SOU UM; E AMANHÃ OUTRO -Qorpo Santo
  612. Manuscrito de hum Sacristão -Machado de Assis
  613. Otelo Shakespeare, William
  614. Cantigas de Santa María -Alfonso X, el Sabio
  615. PANÓPLIAS Olavo Bilac-
  616. Viver -Machado de Assis
  617. Sarças de Fogo Olavo Bilac-
  618. E LIVRO DAS DONAS DONZELAS -Júlia Lopes de Almeida
  619. Entre Santos -Machado de Assis
  620. As Farpas (Março a abril 1873) -José Maria Eça de Queirós
  621. Comes e Bebes Azevedo, Artur
  622. Um livro Emily Dickinson,
  623. Como Asas de Anjo UM (PECA) -José de Alencar
  624. Auto de Mofina Mendes Gil Vicente-
  625. A Conquista -Coelho Neto
  626. Trio em Lá Menor -Machado de Assis
  627. O Touro Branco -Voltaire
  628. Grãos de Mostarda -Humberto de Campos
  629. Sermão do Bom Ladrão (1655) -Pe. Antônio Vieira
  630. Sermão de Santo Antônio -Pe. Antônio Vieira
  631. De Profundis Oscar Wilde-
  632. OS Retirantes -José do Patrocínio
  633. Ernesto de Tal -Machado de Assis
  634. A Partida -Coelho Neto
  635. O Enfermeiro -Machado de Assis
  636. Idéias do Canário -Machado de Assis
  637. Inocência Visconde de Taunay,
  638. Quem Conta em Conto ... -Machado de Assis
  639. Cinco minutos -José de Alencar
  640. A Ilha da Maré -Manuel Botelho de Oliveira
  641. Sermão Maria I -, Rosa Mística -Pe. Antônio Vieira
  642. Seleção de Obras Poéticas II -Gregório de Matos
  643. História da Província de Santa Cruz, vulgarmente Que Chamamos Brasil -Pero de Magalhães Gandavo
  644. Aos Vinte Anos -Aluísio Azevedo
  645. Alves & Cia. Ltda. -José Maria Eça de Queirós
  646. O Bispo Negro Vania Ribas Ulbricht-
  647. Não Consultes Médico -Machado de Assis
  648. Primeiros Cantos Antônio Gonçalves Dias-
  649. Clepsidra Camilo Pessanha,
  650. Estórias de Jenni -Voltaire
  651. Farsa de Inês Auto OU Pereira Gil Vicente-
  652. Miss Dollar -Machado de Assis
  653. O Necronomicon Aleister Crowley-
  654. Memorial de Aires -Machado de Assis
  655. Faróis -João da Cruz e Sousa
  656. Uma Vitória e uma Piedade Vania Ribas Ulbricht-
  657. O Touro Negro -Aluísio Azevedo
  658. Til -José de Alencar
  659. Um Apólogo -Machado de Assis
  660. Na Academia Brasileira de Letras -Machado de Assis
  661. Missal -João da Cruz e Sousa
  662. Fábulas Jean de La Fontaine
  663. As Farpas (Outubro a novembro 1873) -José Maria Eça de Queirós
  664. Singular Ocorrência -Machado de Assis
  665. Queixa de um Amante Shakespeare, William
  666. Assim falava Zaratustra Friedrich Nietzsche
  667. O Velho Senado -Machado de Assis
  668. Triunfo da Morte Francesco Petrarca,
  669. Novos Cantos Antônio Gonçalves Dias-
  670. Identidade -Machado de Assis
  671. A Semana Santa Vania Ribas Ulbricht-
  672. I libri della famiglia Harris-Jason
  673. O Cemitério dos Vivos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  674. Eu sou a vida; Não sou eu uma morte -Qorpo Santo
  675. O Príncipe Maquiavel, Nicolau (Nicolau Maquiavel)
  676. O Mandarim -José Maria Eça de Queirós
  677. Falenas -Machado de Assis
  678. Como solteiras Casadas -Luís Carlos Martins Pena
  679. Clara dos Anjos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  680. Ressureição -Machado de Assis
  681. Madame Bovery Gustave Flaubert-
  682. O Garimpeiro Guimarães-Bernardo
  683. A Casinha de Fresco Azevedo, Artur
  684. Convivio -Dante Alighieri
  685. Macário -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  686. O Japão -Aluísio Azevedo
  687. Ultimos Sonetos -João da Cruz e Sousa
  688. Goivos e Camélias -Machado de Assis
  689. O Conde d'Abranhos -José Maria Eça de Queirós
  690. O Matuto Franklin Távora-
  691. Histórias e Sonhos -Afonso Henriques de Lima Barreto
  692. Macário -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
  693. O Cônego OU Metafísica do Estilo -Machado de Assis
  694. Conversão de Avaro UM -Machado de Assis
  695. Certa Entidade em Busca de Outra -Qorpo Santo
  696. Jóias da Coroa como Raul Pompéia,
  697. De Bello Gallico comentários e Outros -Caius Julius Caesar
  698. Logica -D. Andres Piquer
  699. Possível e Impossível -Machado de Assis
  700. Jogo do Bicho -Machado de Assis
  701. O Segredo de Augusta -Machado de Assis
  702. A Princesa dos Cajueiros Azevedo, Artur
  703. Contrastes e confrontos -Euclides da Cunha
  704. Singularidades de Uma rapariga Loura -José Maria Eça de Queirós
  705. Ex Cathedra -Machado de Assis
  706. Poesias Completas -Laurindo José da Silva Rabelo
  707. O Homem -Aluísio Azevedo
  708. Umas Férias -Machado de Assis
  709. Poesias Coligidas Alves-Antônio Frederico de Castro
  710. O Oráculo -Machado de Assis
  711. Dracula Bram Stocker-
  712. Ser ou não ser -Machado de Assis
  713. Rogério Duprat: Sonoridades multiplas Regiane Gauna-
  714. O Juiz de Paz da Roça -Luís Carlos Martins Pena
  715. A Origem do Mênstruo Guimarães-Bernardo
  716. Os deuses de casaca -Machado de Assis
  717. Luxo e Vaidade -Joaquim Manuel de Macedo
  718. Recordações do Escrivão Isaías Caminha -Afonso Henriques de Lima Barreto
  719. O Segredo do Bonzo -Machado de Assis
  720. El la Biblio Ludwik Zamenhof, Lejzer
  721. Crisálidas -Machado de Assis
  722. Luzia Homem- -Domingos Olímpio Braga Cavalcanti
  723. O Elixir do Pajé Guimarães-Bernardo
  724. Suspiros Poéticos e Saudades -Domingos Gonçalves de Magalhães
  725. Frei Simão -Machado de Assis
  726. Um Tratado da Cozinha Portuguesa do Século XV -Anônimo
  727. D. Pedro Vania Ribas Ulbricht-
  728. Por Anexins Amor Azevedo, Artur
  729. Cuentos de Amor, de Locura y de Muerte -Horacio Quiroga
  730. El Profeta Gibran Kalil Gibran-
  731. O Rei dos Caiporas -Machado de Assis
  732. Folhas Caídas -João Batista da Silva Leitão de Almeida Garret
  733. O Garatuja -José de Alencar
  734. Cuentos y Fábulas -Marquês de Sade
  735. O Que São como Moças -Machado de Assis
  736. anônima Flor -Machado de Assis
  737. O Caçador de Esmeraldas Olavo Bilac-
  738. Les Miserables Hugo, Victor
  739. O País das Quimeras -Machado de Assis
  740. Diálogos das Grandezas do Brasil -Ambrósio Fernandes Brandão
  741. Edipo Rey -Sófocles
  742. O Único Assassinato de Cazuza -Afonso Henriques de Lima Barreto
  743. Fábulas de Esopo -Esopo
  744. Pride and Prejudice Jane Austen-
  745. As Farpas (Novenbro um Dezenbro 1882) -José Maria Eça de Queirós
  746. Como Asneiras do Guedes Azevedo, Artur
  747. A Retirada da Laguna Visconde de Taunay,
  748. O Contrato -Machado de Assis
  749. Banhos de Mar Azevedo, Artur
  750. Feitos de Mem de Sá -Pe. José de Anchieta
  751. Werther -Johann Wolfgang von Goethe
  752. A mulher de Anacleto -Afonso Henriques de Lima Barreto
  753. Os Irmãos das Almas -Luís Carlos Martins Pena
  754. O Ateneu Raul Pompéia,
  755. Galeria postuma -Machado de Assis
  756. Um Capitão de Voluntários -Machado de Assis
  757. Sermão de Santo Antônio -Pe. Antônio Vieira
  758. Páginas Críticas e Comemorativas -Machado de Assis
  759. Sermão do Mandato (1643) -Pe. Antônio Vieira
  760. Mattos, Malta Matta UO? -Aluísio de Azevedo
  761. Maria Cora -Machado de Assis
  762. A Maldita Parentela -Joaquim José da França Júnior
  763. Poemas irônicos, Venenosos e Sarcásticos -Alvarez Azevedo
  764. O Pai -Machado de Assis
  765. Numa e Ninfa um -Afonso Henriques de Lima Barreto
  766. Relíquias da Casa Velha -Machado de Assis
  767. Como Cerejas Azevedo, Artur
  768. História de Quinze Dias -Machado de Assis
  769. Quem Casa, Quer Casa -Luís Carlos Martins Pena
  770. O humor e um Ironia em Bernardo de Guimarães Guimarães-Bernardo
  771. Espumas Flutuantes Alves-Antônio Frederico de Castro
  772. Textos Críticos -Machado de Assis
  773. O Mambembe Azevedo, Artur
  774. Ultimos Sonetos -João da Cruz e Sousa
  775. Produções Satíricas e Bocageanas de Bernardo de Guimarães Guimarães-Bernardo
  776. Na Arca -Machado de Assis
  777. Um Que vendeu um Sua Alma -Afonso Henriques de Lima Barreto
  778. O Soldado Vania Ribas Ulbricht-
  779. Via Láctea- Olavo Bilac-
  780. Eneida -Publius Virgilius Maro
  781. O Protocolo -Machado de Assis
  782. Polêmicas e reflexões -Machado de Assis
  783. Marginália -Afonso Henriques de Lima Barreto
  784. Os Ouvidos do Conde de Chesterfield EO Capelão Goudman -Voltaire
  785. Mesmo Viagem à roda de Mim -Machado de Assis
  786. Casamiento Engañoso -Miguel de Cervantes
  787. O Rio de Janeiro - Verso e Reverso -José de Alencar
  788. Contos Velhos n. Olavo Bilac-
  789. Poemas -Luís Nicolau Fagundes Varela
  790. Un Marido Ideal Oscar Wilde-
  791. Entre Duas datas -Machado de Assis
  792. Assunto UM Conto n. Azevedo, Artur
  793. Cartas Chilenas -Tomáz Antônio Gonzaga
  794. Antônio Rodrigues, soldado, viajante e Jesuíta português Na América do Sul. No século XVI Rodrigues, Antônio
  795. O Retrato de Dorian Gray Oscar Wilde-
  796. La Vida es Sueño -Pedro Calderón de la Barca
  797. Encher tempo -Machado de Assis
  798. A Nova Califórnia -Afonso Henriques de Lima Barreto
  799. Auto da Índia Gil Vicente-
  800. O Missionário Portuguese-de Souza
  801. O Livro derradeiro -João da Cruz e Sousa
  802. Emma Jane Austen-
  803. O Noviço -Luís Carlos Martins Pena
  804. Sermão dos Bons Anos -Pe. Antônio Vieira
  805. O Lapso -Machado de Assis
  806. La Celestina -Fernando de Rojas
  807. Os Pobres -Raul Brandão
  808. Frankenstein Mary Shelley,
  809. Tratado da Terra do Brasil: História da Província Santa Cruz a quê vulgarmente Chamamos Brasil -Pero de Magalhães Gandavo
  810. Sermão da Quinta Dominga da Quaresma -Pe. Antônio Vieira
  811. Discurso Sobre a História da Literatura do Brasil -Visconde de Araguaia
  812. Os Ciúmes de Pedestre OU UM o terrível Capitão do Mato -Luís Carlos Martins Pena
  813. LARANJA-DA-CHINA Machado-Alcântara
  814. Historias de Fantasmas -Charles Dickens
  815. Tesouros perdidos Três -Machado de Assis
  816. Flores da Noite -Lycurgo José Henrique de Paiva
  817. Uma Campanha Alegre - Volume I -José Maria Eça de Queirós
  818. Tentação Adolfo Ferreira Caminha-
  819. O Livro de Cesário Verde Cesário Verde-José Joaquim
  820. História do Futuro, vol. II -Pe. Antônio Vieira
  821. O Último dia de poeta UM -Machado de Assis
  822. Primas de Sapucaia -Machado de Assis
  823. O Livro de Uma Sogra -Aluísio de Azevedo
  824. Páginas Recolhidas -Machado de Assis
  825. A Luta -Carmen Dolores
  826. O caminho da porta -Machado de Assis
  827. Como Maluquices do Imperador Setúbal, Paulo
  828. Alves & Cia. Ltda. -José Maria Eça de Queirós
  829. Mocidade e Morte Vania Ribas Ulbricht-
  830. Karl Marx -José Martí
  831. Os Dois ou O Maquinista Portuguese -Luís Carlos Martins Pena
  832. O Anjo Caído -João Batista da Silva Leitão de Almeida Garret
  833. Uma Águia sem asas -Machado de Assis
  834. O subterrâneos do Morro do Castelo -Afonso Henriques de Lima Barreto
  835. Crime e Castigo Fiodor Dostoievsky-
  836. Uma Visita de Alcebíades -Machado de Assis
  837. Recordações do Escrivão Isaías Caminha -Afonso Henriques de Lima Barreto
  838. A Viúva do Estanislau Azevedo, Artur
  839. O Esqueleto -Aluísio Azevedo
  840. Broquéis -João da Cruz e Sousa
  841. Beyond Good and Evil -Friedrich Wilhelm Nietzsche
  842. Alas Rotas Gibran Kalil Gibran-
  843. Um Apólogo -Machado de Assis
  844. O Diplomático -Machado de Assis
  845. Chico Azevedo, Artur
  846. Vila Rica -Cláudio Manuel da Costa (Glauceste Saturnio)
  847. Dívida Extinta -Machado de Assis
  848. Girândola de amores -Aluísio de Azevedo
  849. O imortal -Machado de Assis
  850. O Cancioneiro Português da Vaticana Braga-Teophilo
  851. A Viúva SIMÕES -Júlia Lopes de Almeida
  852. A Queda da Casa de Usher Edgar Allen Poe-
  853. A Nova Califórnia -Afonso Henriques de Lima Barreto
  854. O caminho de Damasco -Machado de Assis
  855. Antonica da Silva -Joaquim Manuel de Macedo
  856. A Origem do Mênstruo Guimarães-Bernardo
  857. Uma carta -Machado de Assis
  858. Decameron -Giovanni Boccaccio
  859. Amor e Pátria -Joaquim Manuel de Macedo
  860. NOVELA E CONTO Amadeu Amaral-
  861. O Retrato de Dorian Gray Oscar Wilde-
  862. História Comum -Machado de Assis
  863. Ponto de Vista -Machado de Assis
  864. Poemas de Raul de Leoni -Raul de Leoni
  865. Uma Jóia Azevedo, Artur
  866. Mitología Universal -Anônimo
  867. Um mau negócio Checkhov-Anton
  868. Tratado da Terra do Brasil -Pero de Magalhães Gandavo
  869. Catálogo da Exposição Cruz e Sousa, 100 anos de morte (1898-1998) -Fundação Biblioteca Nacional
  870. Faróis -João da Cruz e Sousa
  871. Uns Braços -Machado de Assis
  872. Um Cão de lata AO rabo -Machado de Assis
  873. Verba Testamentária -Machado de Assis
  874. O Namorador Ou a Noite de São João -Luís Carlos Martins Pena
  875. Um esqueleto -Machado de Assis
  876. Vidas Paralelas - Tomo I -Plutarco
  877. O Espírito Azevedo, Artur
  878. Como o Diabo como Arma! Azevedo, Artur
  879. Milagre do Natal -Afonso Henriques de Lima Barreto
  880. O Cabeleira Franklin Távora-
  881. Uma Lágrima de Mulher -Aluísio Azevedo
  882. Marginália -Afonso Henriques de Lima Barreto
  883. O Defeito de Família -Joaquim José da França Júnior
  884. Enrique IV Shakespeare, William
  885. Luzia Homem- -Domingos Olímpio Braga Cavalcanti
  886. A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
  887. Agudeza Gascona -Marquês de Sade
  888. Madame Bovary: moeurs de província Gustave Flaubert-
  889. Como Viagens Olavo Bilac-
  890. Carne Frita Boas-Gustavo Villas Farias
  891. Abel e Helena Azevedo, Artur
  892. A Child's History of England -Charles Dickens
  893. Alma Cabocla Setúbal, Paulo
  894. A Mortalha de Alzira -Aluísio de Azevedo
  895. Como Doutoras -Joaquim José da França Júnior
  896. O anjo das donzelas -Machado de Assis
  897. Bom - Crioulo Adolfo Ferreira Caminha-
  898. Como Gustéis Shakespeare, William
  899. David Copperfield -Charles Dickens
  900. Uma Tragédia no Amazonas Raul Pompéia,
  901. Por Anexins Amor Azevedo, Artur
  902. Pílades e Orestes -Machado de Assis
  903. Amor com Amor se Paga Júnior França
  904. Não consultes Médico -Machado de Assis
  905. Frankenstein Mary Shelley,
  906. O Pecado -Afonso Henriques de Lima Barreto
  907. Utopia -Thomas More
  908. O astrólogo -Machado de Assis
  909. Elefantes e Ursos Azevedo, Artur
  910. Morta Que Mata Azevedo, Artur
  911. VIOLETA Raul Pompéia,
  912. Crônica do Viver Baiano seiscentista - O Burgo -Gregório de Matos
  913. A Marquesa de Santos Setúbal, Paulo
  914. Vidros Quebrados -Machado de Assis
  915. Du côté de chez Swann Marcel Proust,
  916. Questão de Vaidade -Machado de Assis
  917. A Morte do Lidador Vania Ribas Ulbricht-
  918. A Filha de Maria Angu Azevedo, Artur
  919. Francisca -Machado de Assis
  920. La gitanilla -Miguel de Cervantes
  921. Contos Fora da Moda Azevedo, Artur
  922. Tropas e boiadas Hugo de Carvalho Ramos
  923. Remissão de Pecados -Joaquim Manuel de Macedo
  924. Bodas de Sangre -Federico Garcia Lorca
  925. Divina Commedia di Dante: Purgatorio -Dante Alighieri
  926. São Cristóvão -José Maria Eça de Queirós
  927. A Intrusa -Júlia Lopes de Almeida
  928. O caso da Viúva -Machado de Assis
  929. O cancioneiro portuguez da Vaticana Braga-Teophilo
  930. Rota Folha -Machado de Assis
  931. Eficiência Militar -Afonso Henriques de Lima Barreto
  932. Henriqueta Renan -Machado de Assis
  933. O Passado, passado -Machado de Assis
  934. A Ilha da Maré -Manuel Botelho de Oliveira
  935. Pobre Cardeal! -Machado de Assis
  936. Um Erradio -Machado de Assis
  937. O Poeta e a Inquisição -Visconde de Araguaia
  938. A descida para o Maesltrom Edgar Allan Poe-
  939. Leonor de Mendonça Antônio Gonçalves Dias-
  940. Um Homem Celebre -Machado de Assis
  941. Poemas Malditos -Alvarez Azevedo
  942. Iaiá Garcia -Machado de Assis
  943. Patkull Antônio Gonçalves Dias-
  944. Persuasão Jane Austen-
  945. Tudo está bem quando acaba bem Shakespeare, William
  946. Pobre Finoca -Machado de Assis
  947. Meia Hora de cinismo -Joaquim José da França Júnior
  948. As Aventuras de Tom Sawyer Mark Twain
  949. Medéia -Eurípedes
  950. Camos de Soria -Antonio Machado
  951. King Lear Shakespeare, William
  952. Varios Cuentos -Franz Kafka
  953. Pride and Prejudice Jane Austen-
  954. Poemas -Alphonsus de Guimarães
  955. Crônica do Viver Baiano seiscentista - Os Homens Bons -Gregório de Matos
  956. El Arte de Amar Publius Ovidius Naso-
  957. O Tipo Brasileiro -Joaquim José da França Júnior
  958. El Cuervo Edgar Allan Poe-
  959. Sermão da Glória de Maria, Mãe de Deus -Pe. Antônio Vieira
  960. Luís Soares -Machado de Assis
  961. Grimm Fairy Tales de -Irmãos Grimm
  962. História de Quinze Dias -Machado de Assis
  963. Os Noivos Azevedo, Artur
  964. Los Hermanos Karamazov Fyodor Dostoyevsky-
  965. História da Conjuração Mineira -Joaquim Norberto de Souza e Silva
  966. D. Jucunda -Machado de Assis
  967. Memórias e Cotidiano do Rio de Janeiro no Tempo do Rei: Trechos selecionados das Cartas de Luís Joaquim dos Santos Marrocos Joaquim, Luís dos Santos Marrocos
  968. Tao Te King Lao Tse-
  969. A María el Corazón -Pedro Calderón de la Barca
  970. O Movimento da Independência, Lima-Oliveira
  971. Maria Rosa Mística Excelencias, Poderes e Maravilha do Rosário Seu -Pe. Antônio Vieira
  972. Um Especialista -Afonso Henriques de Lima Barreto
  973. Filomena Borges -Aluísio de Azevedo
  974. O lugar de Camões na literatura: discurso proferido diante dos estudantes da Universidade Yale, em 14 de maio de 1908 Joaquim Nabuco,
  975. O Cabeleira Franklin Távora-
  976. O Elogio da Mentira e Outras Histórias -Lycio de Faria
  977. Relíquias da Casa Velha -Machado de Assis
  978. O Numero da Sepultura -Afonso Henriques de Lima Barreto
  979. Sentimental Salomão Rovedo-
  980. 1889 Constituição do Japão -Anônimo
  981. O Juiz de Paz da Roça -Luís Carlos Martins Pena
  982. O Coruja -Aluísio Azevedo
  983. João Fernandes -Machado de Assis
  984. Para muitos anos DEPOIS -Machado de Assis
  985. Ruy de Leão -Machado de Assis
  986. David Copperfield -Charles Dickens
  987. Naufragios -Alvar Núñez Cabeza de Vaca
  988. Sermão III - Maria, Rosa Mística -Pe. Antônio Vieira
  989. O BAILE DO Judeu Portuguese-de Souza
  990. Maria Rosa Mística -Pe. Antônio Vieira
  991. Oliver Twist -Charles Dickens
  992. Dois dos Qual -Machado de Assis
  993. As You Like It Shakespeare, William
  994. Pensamientos y Meditaciones Gibran Kalil Gibran-
  995. Poema dos Feitos de Mem de Sá -Pe. José de Anchieta
  996. Onze anos DEPOIS -Machado de Assis
  997. A Tale of Two Cities -Charles Dickens
  998. Os Bruzundangas -Afonso Henriques de Lima Barreto
  999. Auto da Feira Gil Vicente-
  1000. Conjugo vobis Azevedo, Artur

Marcadores: